Inscreva-se e receba os posts do Blog do Merli. Relaxe, eu também não gosto de spans

Selfie literário

“A Chegada” é graphic novel genial de Shaun Tan. 

Ao invés da selfie tradicional, o “Selfie Literário” é uma micro resenha que faço
sobre os livros que curti ou que estão aqui na fila para eu ler.




Hoje vou falar sobre “A Chegada”, uma genial história em quadrinhos sem texto do ilustrador e autor australiano Shaun Tan.

O livro fala sobre um imigrante separado de sua família que vive grandes desafios em uma terra totalmente estranha, à qual ele terá que se adaptar. Nesta nova terra, ele buscará por moradia e emprego, afim de criar condições para unir novamente sua família.

Com ilustrações belíssimas em sépia ou preto e branco, a Chegada é uma narrativa visual conduzida com maestria sobre superação e respeito às diferenças. O livro é também um trabalho experimental que teve pesquisa profunda em fatos históricos e diferentes tipos de imigrantes em todo o mundo.

Várias das cenas fazem referência à perseguição dos judeus na Europa durante a Segunda Guerra Mundial e também, à imigração para a América de camponeses italianos, japoneses e alemães, entre outros.

Se você curte boas histórias e belas ilustrações, este livro é um prato cheio.



Merli é designer, ilustrador e autor de livros infantis. Pela Melhoramentos publicou a trilogia de livros sem texto sobre consumo e meio ambiente composta pelos títulos “O Camelo, o Burro e a Água”, “O Gato, o Porco e a Porcaria” e o “Pinguim de Geladeira, a Preguiça e a Energia”. Participa regularmente de eventos literários falando sobre literatura, ilustração e meio ambiente sempre ilustrando em um flip chart, as histórias que conta durante suas apresentações. Merli, escreve regularmente neste blog sobre literatura e ilustração.

Saiba mais em: www.merli.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários